Mulher é estuprada dentro de casa em Imperatriz; antes do crime, ela recebeu ameaças pelo celular

2 de maio de 2019 0 Por Jonas Filho

Após praticar o estupro, o estuprador pegou o celular da vítima e obrigou a mesma a destravar o aparelho. Ele disse que era pra ela apagar um áudio que tinha mandado. Bastante nervosa ela não encontrou o áudio que tinha recebido de uma mulher lhe ameaçando.

Uma mulher foi estuprada dentro de sua própria residência, na rua C, no Residencial Sebastião Régis, em Imperatriz, por volta das 15h desta terça-feira (30). A vítima estava com o filho no momento em que estuprador invadiu a casa. Ele trancou o garoto no quarto, pegou uma faca e obrigou a mulher a ir para outro cômodo.

Ela foi obrigada a tirar a roupa, mas se negou e passou a ser agredida com socos que deixaram hematomas no rosto. Em seguida, o estuprador pegou a faca e ameaçou furar se ela gritasse

De acordo com a vítima, o bandido aparentava ter de 17 a 19 anos, era magro e faltava um dente na frente.

Após praticar o estupro, ele ainda pegou o celular da vítima e obrigou a mesma a destravar o aparelho. Ele disse que era pra ela apagar um áudio que tinha mandado. Bastante nervosa ela não encontrou o áudio que tinha recebido de uma mulher lhe ameaçando. O bandido, então, obrigou a vítima a anotar a senha do celular. O bandido fugiu a pé.

Aos PMs, que foram ao local da ocorrência, a mulher falou que tinha recebido um áudio da mulher de seu ex-companheiro, ameaçando-a porque ela estava querendo reatar o relacionamento com ele.

Os policiais fizeram a prisão do ex-marido e da atual esposa dele.

O caso foi repassado para o delegado de plantão. Após falar sobre o áudio de ameaça, o casal suspeito de envolvimento no crime foi liberado.